Publicações

Vergonha Social e Teoria Crítica

RESUMO: Até então, a vergonha social tem sido pouco explorada pela teoria crítica, reduzindo-se aos poucos parágrafos contidos em “Luta por reconhecimento” de Axel Honneth. Neste artigo, defendo a possibilidade de operar uma possível investigação em seu bojo. Inicialmente, faço uma reconstrução da teoria tradicional da vergonha (I). Posteriormente, apresento dois caminhos possíveis para uma teoria crítica da vergonha social. O primeiro como parte do projeto da filosofia social que visa diagnosticar as patologias resultantes dos fenômenos de injustiça, desrespeito e humilhação (II). O segundo como crítica à ideologia. Neste sentido, desenvolvo as ideologias da vergonha num sistema neoliberal (III). Palavras-chave: Vergonha social. Teoria crítica. Filosofia social. Crítica à ideologia Clique aqui