Sobre

Grupo de Pesquisa “Estudos Democráticos”

CNPQ/Brasil

Instituição acolhedora: Universidade Federal do Mato Grosso do Sul

Coordenadora: Marta Rios Alves Nunes da Costa

Email: nunesdacosta77@gmail.com

 

Repercussão do grupo de trabalho

O objetivo deste Grupo de Pesquisa é dedicar-se exclusivamente ao tema da democracia e seus desdobramentos. Pretendemos desenvolver projetos que articulem as perspetivas da teoria política com a filosofia política, ética, ciência política, sociologia, direito e psicologia, com uma dupla preocupação:

1.Articulação entre teorias e práticas democráticas;

2. Comparação entre diferentes modelos e instanciações, dando especial atenção ao contexto brasileiro. Dentro da perspetiva teórica exploramos: teorias da democracia; conceptualizações de representação, participação e deliberação política democrática; democracia e os seus ’Outros’; os perigos da democracia; democracia e justiça; relação entre liberdade, igualdade e fraternidade; as tradições do liberalismo e republicanismo na sua evolução histórica, relação entre violência, poder e constituição da subjetividade democrática, entre outros. Dentro da perspectiva prática exploramos: movimentos sociais, participação e ativismo político, mecanismos participativos e deliberativos, etc.

Linhas de Pesquisa

1. Críticas do capitalismo

O objetivo desta linha de pesquisa é explorar a relação entre democracia e capitalismo, a partir de um olhar crítico sobre autores modernos e contemporâneos, tais como Marx, Weber, Lukacs, Simmel, Polanyi, Habermas, Harvey, Boltansky, Hardt e Negri, Jameson, entre outros.

Atividades previstas:

1. Curso intensivo sobre o tema em Outubro/Novembro 2017.

2. Democracia e a questão do género

O objetivo desta linha de pesquisa é explorar a relação entre os ideais democráticos e a forma como estes se têm, ou não, atualizado pelas mulheres. Busca-se identificar as condições que conduzem à perpetuação das injustiças e de uma lógica de dominação necessariamente masculina e masculinizada. Pretende-se desconstruir os discursos que se dizem 'democráticos' mas que porém contribuem para o reforço do status quo de injustiça, desigualdade e discriminação.

Atividades em curso:

1. Projeto de extensão intitulado “Mulheres na Filosofia”. (2016-2019)

3. Justiça Democrática

O objetivo desta linha de pesquisa é identificar os modos pelos quais a conceptualização da relação entre liberdade, igualdade e fraternidade (‘núcleo duro’ da democracia) afeta e transforma o conceito e práticas de justiça. Tendo em conta que o nosso ponto de partida irredutível é, tal como Rawls, a perspectiva democrática, queremos analisar parte das críticas a Rawls, sobretudo as criticas dirigidas por autores de segunda e terceira geração da escola de Frankfurt.

Atividades previstas:

1. Curso intensivo sobre o tema (25 horas) em Janeiro/Fevereiro 2018.

4. Teorias e práticas democráticas

O objetivo desta linha de pesquisa é olhar para a articulação entre teoria e práticas de democracia, a partir de contextos específicos nacionais e comparação entre eles. Dá-se especial atenção à invenção de mecanismos participativos e deliberativos e à forma como as três dimensões democráticas de representação, participação e deliberação se relacionam e se manifestam.

Atividades em curso:

1. Projeto de extensão intitulado “Rodas Democráticas” (2017-2019)

5. Democracia e Desobediência Civil

O objetivo desta linha é perceber de que forma a história da filosofia e teoria política nos pode ajudar a compreender as dinâmicas das democracias contemporâneas, marcadas por um contexto generalizado de uma crise da representatividade, déficit de participação e difusão de atores políticos numa ordem transnacional que muitas vezes nos força a questionar os limites e condições de possibilidade do projeto democrático.

Atividades em curso:

1. Projeto de pesquisa intitulado “Direito à rebelião? Limites e expectativas das democracias contemporâneas”

2. Grupo de leitura sobre origens do contratualismo.



Membros

Pesquisadores

Alessandro Ferrara

Possui doutorado em Sociology pela University of California System(1984). Atualmente é Full Professor of Political Philosophy da Università degli Studi di Roma Tor Vergata. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Filosofia Política.

Desde 2007, faz parte do Comité Executivo da

Seminários sobre religião e política, realizados na Universidade Bilgi em Istambul sob os auspícios da

Reposição da Associação - Diálogos das Civilizações.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/6202863763111097

Alessandro Pinzani

Professor Associado de ética e filosofia política no Departamento de Filosofia do CFH da UFSC (Florianópolis) e pesquisador 1D do CNPq. Mestre em filosofia pela universidade de Florença (Itália), Doutorado (2004) em filosofia na Universidade de Tübingen (Alemanha). É diretor do Centro de Investigações Kantianas (CIK) e membro do corpo editorial de várias revistas científicas. É diretor do Centro de Investigações Kantianas (CIK) e membro do corpo editorial de várias revistas científicas.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/5498671040366171

Amaro Fleck

Professor de filosofia da Universidade Federal de Lavras, em Minas Gerais. Possui graduação, mestrado e doutorado pela Universidade Federal de Santa Catarina. Pesquisa teoria crítica da sociedade, em especial a teoria social de Karl Marx e de Theodor Adorno.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/3711507246901721

Carla Milani Damião

Professora na Faculdade de Filosofia da Universidade Federal de Goiás (FAFIL-UFG). Membro do corpo docente dos Programas de Pós-Graduação “Artes Visuais e Cultura” da Faculdade de Artes da UFG e colaboradora no Programa de Pós-Graduação “Linguagens e Representações” da Universidade Estadual Santa Cruz (UESC). É coordenadora do Grupo de Estudos Kinosophia, relativo à Filosofia do Filme e desenvolve atualmente uma pesquisa sobre Teoria Crítica, Gênero e Estética.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/2366404598683251

Emiliano Acosta

Professor de Filosofia na Vrije Universiteit Brussele professor convidado na UGent. Membro da Young Academy of Belgium (Flanders), coordenador da Sociedade Latina-Americana de Fichte (ALEF) e da rede de filosofia política "Re-Thinking Europe". Diretor de Fichte Online e editor da Revista de Estud(i)os sobre Fichte. Áreas de concentração: filosofia política e filosofia moderna. Desenvolve um projeto de pesquisa sobre os mecanismos de exclusao nos discursos cosmopolitas no discurso iluminista alemão e na filosofia política contemporânea.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/1201125654893045

Gysélle Saddi Tannous

Possui graduação em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo (1984) e mestrado em Psicologia pela Universidade Católica Dom Bosco (2004). Foi professora da Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal entre os anos 2001 e 2008 e atualmente coordena a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa com Seres Humanos-CONEP do Conselho Nacional de Saúde. 

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/3724503501241674

Helena Esser dos Reis

Professora Associada da Universidade Federal de Goiás Faculdade e Programa de Pós-Graduação em Filosofia Núcleo e Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Direitos Humanos. Doutorado (2002) em Filosofia pela USP. Desenvolve projetos na área de entrelaçamento de direitos civis, sociais e políticos; interdisciplinaridade; Políticas de regulação de empresas transnacionais por violação aos direitos humanos na América Latina.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/1045681574037243

Jaceguara Dantas da Silva Passos

Procuradora de Justiça do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul. Mestre em Direito e Doutoranda em Direito,área de concentração Direito Constitucional pela PUC/SP.Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Público, atuou nos feitos em trâmites na comarca de Campo Grande-MS referente a atribuições da 67ª Promotoria de Justiça de Direitos Humanos de Campo Grande entre o período de 22 de abril de 2014 a 2 de setembro de 2015.Membro do Grupo de Trabalho da Ouvidoria do Conselho Nacional do Ministério Público, para avaliação e formulação de propostas sobre atuação do Ministério Público na promoção da igualdade racial. Foi promovida ao cargo de Procuradora de Justiça no dia 9 de setembro de 2015 e responde pela 1ª Procuradoria de justiça Criminal.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/1362783950442635

Jorge Álvarez Yágüez

Doutor em filosofia pela Universidade Complutense de Madrid, professor de filosofia na mesma universidade, colabora em vários projetos de pesquisa com várias universidades. Alguns livros recentes são Michel Foucault, Verdad, poder y subjetividad, Madrid, 1995;Individuo, libertad y comunidad.Liberalismo y republicanismo, La Coruña, 2001;Política y república.Aristóteles y Maquiavelo, Madrid, 2011; El último Foucault, Madrid, 2013. Tem colaborado em numerosos livros coletivos, e editado outros, incluindo três livros de Foucault; colabora comvárias revistas (isegoria, chaves, Res Publica, políticacomum, Debats, RIFP, dorsal).

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/7927238475557522

Jorge Christian Fernandez

Possui graduação (bacharelado) em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1999), Mestre em História (concentração em Estudos Históricos Latino-Americanos) pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2003), Doutor em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011). Leciona na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul desde 2011.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/0870148707686477

Lawrence Hamilton

Professor de Estudos Políticos na Witwatersrand (África do Sul), e Conselheiro da Academia Britânica de Pesquisa em Teoria Política e membro da Academia das Ciências da África do Sul. Editor do Jornal Theoria – A Journal of Social and Political Theory. Ganhou vários prêmios de pesquisa científica e conta com várias publicações nas áreas de concentração de história do pensamento político, economia política internacional, política sul-africana  economia política. (verhttp://media.withtank.com/712d85204a/cvmay16.pdf

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/4584055771789284

Losandro Antônio Tedeschi

Professor associado na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Mestrado e doutorado(2007) em História da América pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS/RS. Áreas de ensino e pesquisa: Estudos de Gênero, Historia das Mulheres, Memória e Migrações. Participa como pesquisador do GT CLACSO Feminismos, Resistências y Processos Emancipatórios e do grupo de investigação "Fondo Cultural Frances" da Universidade de Jaén/Espanha na temática Gênero e Cultura.Coordena a Cátedra UNESCO em Gênero e Fronteiras na UFGD.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/6488095079213426

Marta Rios Alves Nunes da Costa

Professora adjunta de Filosofia da Universidade Federal do MatoGrosso do Sul. Mestrado em Filosofia (2001) e Doutorado em Ciência Política/Filosofia Política (2006) pela New School for Social Research.  As suas áreas de especialização são Ética, Teoria e Filosofia Política, Teorias da democracia, filosofia moderna e filosofia contemporânea. Líder do grupo de pesquisa “Grupo de Estudos Democráticos; (CNPQ) onde coordena vários projetos de extensão e pesquisa. 

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/0061251667497011

Osmar Ramão Galeano de Souza

possui graduação em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1977) , mestrado em Psicologia (Psicologia Social) pela Universidade Gama Filho (1980) e doutorado pela Universidade de Brasilia (1998) . Atualmente é PROFESSOR da universidade federal de mato grosso do sul e da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Tem experiência na área de Sociologia.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/7486833276933346

Ricardo Pereira de Melo

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2003) e mestrado em Filosofia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2008) e doutorado em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas (2015). Atualmente é professor Adjunto II da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Filosofia Política.

CV Lattes: http://http://lattes.cnpq.br/6736867060595910

Stefan Vasilev Krastanov

Possui graduação em Filosofia - Sofiiski Universitet Kliment Ohridsky (1999), mestrado em Filosofia - Sofiiski Universitet Kliment Ohridsky (2001) e doutorado em Filosofia pela Universidade Federal de São Carlos (2010). Atualmente é Professor Adjunto - DE do Curso de Filosofia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Tem experiência nas áreas da Historia da Filosofia, Metafísica e Estética. Autor do livro Nietzsche: pathos artístico versus consciência moral e, também de vários livros didáticos.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/3744686151114285

Susana de Castro

Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1993), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e doutorado em Filosofia - Ludwig Maximilian Universität München (2003). Atualmente é professora Associada do departamento de filosofia e do programa em pós-graduação em filosofia (PPGF) da UFRJ. Tem experiência na área de Filosofia, atuando principalmente com os seguintes temas: metafísica antiga (esp. Aristóteles), filosofia da educação, tragédias gregas, neopragmatismo, estudos de gênero.

 

CV Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4784415Z0

 

Thelma Silveira da Mota Lessa da Fonseca

Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1987), graduação com licenciatura em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1987), mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1994) e doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente é professora associada da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em História da Filosofia Contemporânea.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/2955946094601264

Thiago Marrara de Matos

É professor, de graduação e pós-graduação, nas áreas de direito administrativo, urbanístico, ambiental junto ao Departamento de Direito Público da Nova Faculdade de Direito da USP (FDRP). É livre-docente em direito administrativo pela FD (USP), doutor em direito público pela Ludwig Maximilians Universität (LMU) de Munique, Alemanha, bem como mestre e bacharel em direito pela FD (USP). É editor-gerente da Revista Digital de Direito Administrativo (RDDA) da USP, coordenador do grupo de pesquisa de direito administrativo (GDA), organizador do Seminário de Pesquisa de Direito Administrativo (SPDA), bem como pesquisador e membro do conselho deliberativo do Centro de Estudos em Direito e Desigualdades (CEDD). Como pesquisador e consultor, tem atuado na área do direito administrativo, processo administrativo e direito urbanístico. Pesquisador visitante no Max Planck Institut für Innovation und Wettbewerb (Alemanha), no Centre de Recherches Administratives da Universidade de Aix-Marseille (França), na Faculdade de Direito da Universidade Autônoma de Madrid (Espanha).

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/5001783167154079

Verlaine Freitas

Professor associado da UFMG e pesquisador do CNPq. mestrado (1996) e doutorado (2001) em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais; fez estágio de Pós-doutorado na University of Windsor, Canadá (2011). É autor do livro “Adorno e a arte contemporânea”, além de organizador de outras obras sobre estética. Traduziu textos de autores alemães e de língua inglesa.Trabalha principalmente os temas: estética, psicanálise e cultura de massa, abordando as obras de Immanuel Kant, Friedrich Nietzsche, Sigmund Freud e Theodor Adorno. É autor do blog Refrações (verlainefreitas.blogspot.com). 

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/8054342158614782

Yara Frateschi

Yara Frateschi é professora de Ética e Filosofia Política na Universidade Estadual de Campinas desde 2004. Possui graduação (1997), mestrado (1999), doutorado (2003) e pós-doutorado (2004) em Filosofia pela Universidade de São Paulo. Bolsista de Produtividade em Pesquisa nivel IB do CNPq. Pesquisadora visitante na Columbia University (2000), na ENS de Paris (2006) e na Yale University (2015). Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em História da Filosofia, atuando principalmente em temas vinculados à relação entre Ética e Política, Filosofia Politica e Teoria Crítica.

CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/1917359676356798

Estudante

Adriana Carvalho Cardoso

Atuante na linha Democracia e Questão de Gênero, e Democracia e Desobediência Civil.

Ana Lice das neves Viana

Atuante na linha de pesquisa da Desobediência Civil.

Denis Neto Alves

Atuante na linha de Teorias e Práticas Democráticas.

Elton Gonçalves dos Santos

Possui graduação em Comunicação Social e pós-graduação em Jornalismo e Assessoria de Imprensa.  Atualmente, como acadêmico de Filosofia na UFMS, se aprofunda nos estudos sobre manipulação e alienação da sociedade através da mídia. No Grupo de Estudos Democráticos segue na linha de pesquisa sobre democracia e questão de gênero.

CV Lattes: http://http://lattes.cnpq.br/9557459754350347

Ernâni Broering da Luz

Atuante na linha da Desobediência Civil.

Francisco Eder Eugenio Aguiar

Atuante nas linhas Teoria e Práticas Democráticas, Gênero e Desobediência Civil.

Leico Obara

Atuante nas linhas de Teoria e Práticas Democráticas e Gênero.

Marcos Glienke

Atuante na área da Desobediência Civil.

Márgaris Duarte de Maria

Atuante na linha de Teorias e Práticas Democráticas.

Maria Zélia

Atuante nas linhas de Desobediência Civil e Gênero.

Matheus Quirino

Atuante na linha da Desobediência Civil.

Menssios Leoni Araújo Eloy

Atuante na linha da Desobediência Civil.

Raphael de Almeida Silva

Atuante na linha da Desobediência Civil.

Talita Thomazini Carvalho

Atuante na linha da Desobediência Civil.

Terezinha de Jesus Lopes Pereira

Atuante na linha da Desobediência Civil e Gênero.

Vera Lúcia Teixeira Krastanov

Atuante na linha de Teorias e Práticas Democráticas.